Matheus Meireles

Trabalho de Conclusão de Curso

C O S M O G O N I A: Experiências em Cosmovisão e Decolonialidade de um artista em residência no Planetário da UFG

Resumo: Esta é uma pesquisa transdisciplinar com base nas artes visuais que busca compreender relações entre arte e ciência por meio de perspectivas decoloniais. Nesta investigação, observo ideias, experiências, espaços e situações que possam gerar possibilidades de ampliação e reflexões sobre processos de construção de saberes na contemporaneidade. Neste sentido, me insiro como artista no Planetário da Universidade Federal de Goiás perguntando-me sobre os tipos de experiências que a minha presença naquele espaço podem criar. Por meio desta residência artística pude experimentar, na prática, algumas das questões sobre decolonialidade e poéticas visuais que vinham atravessando o meu trabalho e o meu existir. Desenvolvo, então, uma prática artística que se dá na intersecção dos campos da arte, cosmologia e consciência social, que expresso pela ideia de cosmovisão, em que a origem do universo (cosmogonia) e a expansão da consciência mostram-se como temas recorrentes. Com isso, nesta pesquisa, dou início a um caminho prático-teórico que me ajuda a refletir sobre a cosmovisão contemporânea em um momento crítico em que passamos por diversas disputas por visões de mundo em nossa sociedade.

Palavras-chave: Prática artística; Artes Visuais; Cosmovisão; Decolonialidade.

MatheusMeireles
Matheus Meireles. Sou de estrelas o pó. Fotoperformance e manipulação digital, 2018.